segunda-feira, julho 15, 2024
Brasil

Carnaval de Rua de Goiânia pode entrar no Calendário Oficial de Eventos do Município

O Carnaval de Rua de Goiânia pode entrar no Calendário Oficial de Eventos do Município. A proposta é da vereadora Sabrina Garcez, que vê a folia crescendo nas ruas da capital como ocorreu em Belo Horizonte, São Paulo e Brasília.
Segundo ela, ao entrar no calendário oficial, o carnaval de rua da capital, feito por blocos e escolas de samba, passa a contar com apoio efetivo por meio de Leis de Incentivo Cultural, orientações de trânsito, segurança entre outros suportes com menos burocracia. “Queremos exaltar todos os blocos de rua e escolas de samba reconhecendo a sua tradição também no município de Goiânia”, comenta a vereadora.
Para ela, a maior manifestação de cultura popular no Brasil, celebrada anualmente nos 47 dias que antecedem a Páscoa, é uma folia que está no gosto do brasileiro e que, além de promover diversão, movimenta a economia proporcionando emprego e renda nos setores da cultura, entretenimento, moda, serviços e comércio como bares, restaurantes e hotelaria.
Segundo a parlamentar, Goiânia tem 33 blocos de pré-carnaval e de carnaval contemporâneos, tradicionais e de movimentos sociais.
O Grupo Coró de Pau, por exemplo, que abre a folia de 2023 nesta sexta-feira (17/2) na Estação Cultura, com uma grande apresentação coletiva de 300 percussionistas no 8° Encontro de Blocos de Rua da Cultura Popular existe há mais de 20 (vinte) anos, promovendo ações sociais e culturais com música, percussão, blocos de rua e instrumentalidade, mantendo vivo o carnaval tradicional e a cultura popular.
Para a produtora do Coró de Pau, Geovanna de Castro Tavares, esse projeto de lei de Sabrina Garcez é fundamental para a Cultura Popular em Goiânia.
O Carnaval dos Amigos, que tradicionalmente ocorre no sábado pré-carnaval, foi um dos pioneiros dos blocos contemporâneos na Capital e já está na sua 21ª Edição, reunindo milhares de pessoas anualmente. Este evento já está instituído no Calendário Oficial de Eventos por meio da Lei nº 10.074, de 14 de setembro de 2017 .
As escolas de samba existem em Goiânia desde a década de 1930 e, atualmente, sete escolas de samba estão ativas em Goiânia. Neste ano, a escola de samba Lua-Alá fez uma parceria inédita com a Escola de Samba Unidos da Tijuca, da cidade do Rio de Janeiro, na composição do samba-enredo, para homenagear os 90 (noventa) anos da nossa Capital, denominada “Goiânia em Seus 90 Anos, Lua-Alá Conta e Reconta a História dos Três “E” do Teatro Goiano“.

Calvin Carter
the authorCalvin Carter

Deixe um comentário